BLOGGER TEMPLATES - TWITTER BACKGROUNDS »

sábado, 16 de agosto de 2008

4. Abri Os Olhos (Eyes Open)

Aqui estou na difícil missão de levar à você
Uma mensagem que possa ser como um aviso ou esclarecimento.
Nós não somos mais crianças.
Um dia acontece, a gente tem que crescer. E eu cansei de brincar com você.
Eu não deixei de achar graça nas coisas, simplesmente hoje eu quero ser levado à sério.
Eu queria que você me olhasse e me visse como aquele que te ama.
Mas, infelizmente houve um bloqueio na nossa comunicação.
Aliás, a vida não é só como eu espero.
Quero ver pela última vez seu olhar de criança, antes que tudo esteja completamente acabado. Antes que o relógio toque suas 12 badaladas.
E se você acha que ainda pode haver um final feliz, ande logo, venha depressa, o meu coração ainda despreza... aquele que não sabe o que quer.
Não, isso não é engraçado. Um coração assim roubado. Bate muito acelerado.
Devolve moço, devolve moço. O meu coração pro bolso.
Mas não sei por que, tenho a sensação de que não o terei de volta por um bom tempo.
E não vejo solução, se não por tirar essa dor do peito e entender que meu erro fez você me odiar.
Mas eu sei, eu tenho certeza que sei. Você chamou minha atenção, com descrição, e desviou seu olhar... De mim!
Eu, definitivamente, abri os olhos.
Agora, percebo que o meu destino cruel não vai chamar sua atenção.

Sometimes is hard to believe... That you remember me!

2 Manifestações:

Filipe Pujol disse...

acabamos crescendo... ou então sucumbindo... porque parado não dá pra ficar
e quando crescemos... não queremos mais aqueles que sucumbem!
ps. aquela frase eu escrevi faz alguns anos... não lembrava mais... e acabei achando num site no google (constando meu nome)...

Gisele Boltman disse...

"Não, isso não é engraçado. Um coração assim roubado. Bate muito acelerado."

Não precisava dizer mais nada, essa frase já é pra ser levada a sério por si só.

Beijos....