BLOGGER TEMPLATES - TWITTER BACKGROUNDS »

quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

13. Vale a pena (It worth)

Qual parte do amor a humanidade não compreende?
Por que é tão difícil das pessoas entenderem que não controlamos nossos sentimentos, nosso coração?
Nem todas as vezes que beijei foi por amor...
Mas eu já senti amor... e já senti dor...
Porém, sei que a dor é um dom que nos lembra quão frágeis somos e nos humanifica enquanto nos corrói por dentro e por fora...
Mas toda essa dor vale a pena... se o amor for verdadeiro ao menos em algum momento das nossas vidas...

"Freedom is not worth having if it does not include the freedom to make mistakes."

6 Manifestações:

Filipe disse...

com certeza vale a pena...
só n vale quando a dor for maior q o amor!

Maurício Costa disse...

Oras, meu caro...
Não diria ser bem assim, visto que, a dor é o alerta de que algo está errado no organismo.
Se seu amor causa dor, reveja seus conceitos...;)

Filipe disse...

bom... acho que nada é 100% prazer, e nem 100% dor, então para ter a felicidade pensei que o bom tem q superar o ruim, e quando o contrárioa contece partimos para a busca de outra felicidade... e a busca com certeza é cheia de coisas boas!

Damn disse...

A dor... é mais complexa do que se pensa... A dor de perder alguém que amamos não quer dizer que algo está errado no organismo... Citei a dor porquê, ao menos pra mim, ela é um termômetro muito eficiente. Mas obrigado por comentar. =D

Filipe disse...

acho que perder alguém do modo romantico significa recomeçar... e perder alguém de outros modos faz parte da vida... enquanto não tivermos a solução teremos que viver assim, e tentando ser feliz apesar de tudo! Egoista? mas infelizmente se pararmos muito para analizar seremos infelizes!
:*

Gisele Boltman disse...

Eu concordo com o Maurício.
Cheguei a ponto que se é pra sofrer por alguém, não sofro, mesmo que pra isso não tenha mais alguém.
A dor é sinal de que algo está errado, pricipalmente se ela for termômetro de alguma coisa... O que não significa que precise ser extremista e riscar esse amor, apenas deve ver em que ponto dói, fazer um curativo e jogar o band-aid velho que segura a ferida e não cura, fora. ;)

Certos curativos que fazemos são apenas para esconder o machucado e proteger a ferida, não para curá-la o que cura mesmo por vezes é aquele mercúrio que arde (e que por sorte foi proibido, pq nao é legal sentir dor), ou aquela pomadinha que esquenta (aquela historia de que um amor cura outro)

E ah, sim! Um amor disfarça o outro, mas pra curar mesmo, depende do poder de cicatrização do seu organismo...

Bom, já falei demais, fui!