BLOGGER TEMPLATES - TWITTER BACKGROUNDS »

sábado, 30 de janeiro de 2010

65. Em Poucas Palavras (Going Dark)

Ela olhou fundo nos meus olhos, estava determinada. Pensou um pouco,
Então falou: "Não estou gostando de quem você se tornou!". - Demorei um pouco em silêncio,
Mas reergui a cabeça e olhei-a nos olhos, então retruquei: "Quem falou que era pra gostar?" - Minha sombrancelha direita se levantou, mas a cabeça dela abaixou-se e então,
Dando meia volta, ela saiu pela porta.

"Nunca quis magoar ninguém, mas parece que é um dom natural meu".

12 Manifestações:

HSLO disse...

Intenso!

Paulo Braccini disse...

pois então ... quem disse mesmo que era para gostar? tem coisas na vida que são tão nossas que só dizem respeito a nós mesmos ... agora ... quem acha que pode se meter ... que escute ... "sem mágoas" ... como diz a sabedoria popular ... "Quem diz o que quer, ouve o que não quer" ...

gostei ... e muito ...

um suculento fim de semana ...

bjux

;-)

dand disse...

Haaaa, não gostei da sua resposta não. Foi no mínimo insensível! no mínimo. Ham.

Abraço.

FOXX disse...

nossa!

Daniel Braga disse...

Queridos... isso é fictício, please. Não houve essa situação comigo. Daqui a pouco estão brigando comigo, calma gente, olha o nível de testosterona ;)

~Até a próxima.

*DB*

Fernanda B disse...

Seu insensível! hsuahsuahsuhaus
Adorei o Layout

Renato Hemesath disse...

que intrigante! e quantas vezes na vida gostaríamos de responder o mesmo? ;)

Abraços
www.cinefreud.blogspot.com

Jay e Alê disse...

Intenso na medida certa. Ousado a ponto de ferir os sentimentos. É verdade, pq alguém tem q gostar de nossas metamorfoses?
Mas o equilíbrio entre sentir, perceber e manifestar pode nos elevar bem acima das expectativas daqueles q de alguma forma nos ama.
Quando alguém diz não estou gostando disso ou daquilo em você, eu entendo que essa pessoa me ama a ponto de se interessar por aquilo em que eu estou me tornando (claro não é qualquer pessoa) De qualquer forma, não discordo de nenhuma de suas palavras. A sinceridade vale mais do que um simples abaixar de cabeça indiferente à manifestação alheia. Sensibilidade demais é sempre um problema a ser tratado. Uso o ditado lembrado pelo Paulo.
"Quem diz o que quer, ouve o que não"...
Eu já sofri demais por ser sincero. Hoje nem ligo. Digo o que tenho a dizer. Se alguém gosta ou não, não é problema meu.
Bju [Alê]
O Jay vai passar por aqui depois.

Jay e Alê disse...

Oooops meu comment ficou enorme.
Perdão!
Alê

dand disse...

Haaaaa Dan..Origado vc t pelo comentrs!!! E vc nem precisa se sentir velho, vc ainda tem 18...Eu já tenho 25.. imagina Rs.

Haaa, pode ficar tranquilo, ainda bem q foi fictício hahahaha.

Abraço.

Daniel Braga disse...

Ah, pessoas.. obrigado a todos pelos comentários... a criatividade tá bombando, mas nada de muito útil.

~Até a próxima, final de semana tem mais ;)

*DB*

Caio Lima disse...

kkkkkkk
mesmo nao sendo baseado em fatos reais, gostei pela autenticidade q vc transmitiu

;)

abraço mlk